Central de agendamento: (19) 3886.2444 | 3876.3435 | 3836.3839 | 3836.3894 | Facebook

DICAS PARA CORRER NO VERÃO

O verão começa oficialmente no dia 21 de dezembro, e, nesse período, com o aumento do calor, os praticantes de corrida devem estar atentos a algumas dicas para evitar desgastes excessivos durante os treinos e as provas.

O médico do Esporte da área de Gestão de Saúde do Fleury, Páblius Staduto Braga Silva, recomenda atenção especial para condições como a hipertermia (aumento excessivo da temperatura do corpo), insolação, desidratação e lesões musculares e articulares. “Nessa época do ano, por conta das temperaturas muito altas, os atletas acabam exigindo mais do corpo, o que pode favorecer esses problemas”, diz.

Além de usar um bom protetor solar, as dicas do especialista para prevenir essas condições são abusar da hidratação – com água, sucos naturais e água de coco –, e dosar o ritmo. “Não adianta o corredor querer fazer o seu melhor tempo justo no verão, porque a temperatura e a umidade elevadas não são as condições ideais para isso”.

Se o corredor vai treinar ou disputar provas na praia, o médico lembra que conhecer o tipo de piso é fundamental. “O praticante deve observar se a areia é fofa ou densa, se o terreno é plano ou inclinado. O terreno inclinado pode trazer implicações mecânicas, como dores musculares. Se a pessoa já tem um quadro de dor, o esforço pode piorar o sintoma”.

Roupas leves
Com relação ao vestuário, o médico ressalta que tecidos leves, com boa ventilação e que protejam o corpo dos raios solares, são os ideais. “Vale ressaltar que o calçado também faz parte do vestuário. Não dá, por exemplo, para usar o tênis do asfalto na areia”, acrescenta.

Já para os atletas de primeira viagem, além dos cuidados elencados acima, é aconselhável fazer uma avaliação médica prévia. Para aqueles que vão aproveitar o verão e as férias para começar a correr, o especialista diz que não é aconselhável a prática de atividade física intensa depois de comer ou ter ingerido bebida alcoólica.

“Deve-se evitar comer coisas que fujam a sua rotina alimentar. O ideal é uma refeição leve e, de preferência, com pouca gordura, evitando assim problemas a diarreia, comum em épocas de calor na praia. Bebidas alcoólicas e refrigerantes também não facilitam a digestão para uma boa prática de esportes”, conclui o médico.

Fonte: Páblius Staduto Braga Silva, médico do Esporte da área de Gestão de Saúde do Fleury

http://www.fleury.com.br/