Central de agendamento: (19) 3886.2444 | 3876.3435 | 3836.3839 | 3836.3894 | Facebook

TABACO E SAÚDE PULMONAR – 29 DE AGOSTO DIA NACIONAL DE COMBATE AO FUMO

 

Benefícios de parar de fumar

Parar de fumar sempre vale a pena em qualquer momento da vida, mesmo que o fumante já esteja com alguma doença causada pelo cigarro, tais como câncer, enfisema ou derrame. A qualidade de vida melhora muito ao parar de fumar. Veja o que acontece se você parar de fumar agora:

Após 20 minutos, a pressão sanguínea e a pulsação voltam ao normal.
Após 2 horas, não há mais nicotina circulando no sangue.
Após 8 horas, o nível de oxigênio no sangue se normaliza.
Após 12 a 24 horas, os pulmões já funcionam melhor.
Após 2 dias, o olfato já percebe melhor os cheiros e o paladar já degusta melhor a comida.
Após 3 semanas, a respiração se torna mais fácil e a circulação melhora.
Após 1 ano, o risco de morte por infarto do miocárdio é reduzido à metade.
Após 10 anos, o risco de sofrer infarto será igual ao das pessoas que nunca fumaram.

Quanto mais cedo você parar de fumar menor o risco de adoecer.Aproximadamente 70% dos fumantes dizem que querem parar de fumar e mais de 50% afirmam que já tentaram largar o cigarro alguma vez na vida. Entretanto, apesar das boas intenções, só 3% a 6% dos fumantes que tentam parar sozinhos conseguem. Dos que buscam ajuda, após um ano de observação, os índices de sucesso variam entre 30% e 65% na primeira tentativa.

Para as ações de 2019, o tema escolhido foi Tabaco e saúde pulmonar – o uso do narguilé a fim de advertir a população brasileira sobre os riscos de doenças pulmonares oriundas do consumo de tabaco e de seus produtos derivados, incluindo o narguilé.

NARGUILÉ – cachimbo de origem oriental

O narguilé possui uma característica peculiar: um único cachimbo pode ser usado por várias pessoas simultaneamente. Tal fato reforça o seu aspecto de socialização, algo muito atraente, especialmente para os jovens. Além disso, há a falsa sensação de que o narguilé, por ser usado com água, não causa mal à saúde.
TABAGISMO NAS MULHERES

As mulheres metabolizam a nicotina mais rapidamente que os homens. Por isso, fumam mais e tendem a apresentar maior grau de dependência da nicotina, o que lhes torna mais difícil ficar sem o cigarro. Elas também temem a possibilidade de ganhar peso, se pararem de fumar. Hoje em dia, no entanto, esse problema pode ser logo contornado. Existem inúmeros tratamentos disponíveis para voltar ao peso anterior em pouco tempo.

TABAGISMO NOS JOVENS

Os jovens não se consideram vulneráveis aos malefícios do cigarro. Além disso, a pressão do grupo ao qual desejam pertencer torna mais difícil convencê-los de que deixar de fumar só lhes trará benefícios. Por isso, a melhor política continua sendo evitar a todo custo que crianças e jovens tenham acesso fácil ao cigarro e resolvam experimentá-lo.

As indústrias do tabaco sabem que quanto mais cedo a pessoa começa a fumar, mais rapidamente desenvolve dependência à nicotina. E procuram tirar vantagem disso. Estudo recentemente divulgado mostra a mudança de estratégia de marketing que elas passaram a adotar tendo como foco as crianças e adolescentes. Para aliviar o gosto e o cheiro desagradáveis do cigarro, adicionaram sabores (menta e chocolate, por exemplo) e aditivos aromáticos a ele. E mais: gastaram fortunas para conseguir que seus produtos fossem colocados nos postos de venda – padarias, lanchonetes, bancas de jornal –, bem perto dos doces e dos brinquedos, a fim de despertar a curiosidade, a atenção e o desejo das crianças.
Fonte:https://drauziovarella.uol.com.br
Fonte: https://www.inca.gov.br